Diego e Victor Hugo

Deus é Pai (Ao Vivo)

Letra Deus é Pai (Ao Vivo) - Diego e Victor Hugo

Dá mais um grau aí nesse som
Que a saudade puxou a cadeira e sentou do meu lado
Dá uma dose, aí quer saber?
Desce logo a garrafa que hoje eu vou dar trabalho

E a cada copo que eu viro daqui
Vem na minha cabeça ela beijando outra pessoa
E a cada moda xonada no rádio
Imagino o outro camarada tirando a sua roupa

Aiaiaiaiai, Deus é pai e pinga à raiva
Aiaiaiaiai, saudade tá doendo, tá demais

Aiaiaiaiai, Deus é pai e pinga à raiva
Aiaiaiaiai, saudade tá doendo, tá demais

Dá mais um grau, aí nesse som
Que a saudade puxou a cadeira e sentou do meu lado
Dá uma dose, aí quer saber?
Desce logo a garrafa que hoje eu vou dar trabalho

E a cada copo que eu viro daqui
Vem na minha cabeça ela beijando outra pessoa
E a cada moda xonada no rádio
Imagino o outro camarada tirando a sua roupa

Aiaiaiaiai, Deus é pai e pinga à raiva
Aiaiaiaiai, saudade tá doendo, tá demais

Aiaiaiaiai, Deus é pai e pinga à raiva
Aiaiaiaiai, saudade tá doendo, tá demais

Aiaiaiaiai, saudade tá doendo, tá demais

Dá mais um grau aí nesse som
Que a saudade puxou a cadeira e sentou do meu lado