Diego e Victor Hugo

Bêbados Unidos

Letra Bêbados Unidos - Diego e Victor Hugo

Não julgue aquele cara ali
De chinelo e sem camisa
Jogado na calçada
Com a cara abatida
Ele não tem culpa
Ele é mais uma vítima de uma

Ali naquele lugar
Onde se vende de tudo
E a solidão é de graça, ai, ai
E o povo bebe mais que água
É muito coração quebrado por metro quadrado

Já tô parando o carro
Vou lá beber com ele
Eu nem conheço o cara
Mas já passei por isso
Bêbados unidos
Jamais serão vencidos
E o que ela fez com ele
A minha fez comigo

Eu tô parando o carro
Vou lá beber com ele
Eu nem conheço o cara
Mas já passei por isso
Bêbados unidos
Jamais serão vencidos
E o que ela fez com ele
A minha fez comigo

Ali naquele lugar
Onde se vende de tudo
E a solidão é de graça, ai, ai
E o povo bebe mais que água
É muito coração quebrado por metro quadrado

Já tô parando o carro
Vou lá beber com ele
Eu nem conheço o cara
Mas já passei por isso
Bêbados unidos
Jamais serão vencidos
E o que ela fez com ele
A minha fez comigo

Eu tô parando o carro
Vou lá beber com ele
Eu nem conheço o cara
Mas já passei por isso
Bêbados unidos
Jamais serão vencidos
E o que ela fez com ele
A minha fez comigo

Bêbados unidos
Jamais serão vencidos
O que ela fez com ele
A minha fez comigo